• taize-2019-hospitalidade
  • banner-taize-2019
  • mes-de-maria-2016
  • pascoa-2019
  • almacave-2019
  • BANNER-ADVENTO-2018
  • banne-plano-pastoral-19
  • slider-0001
  • advento
  • evangelho
  • evangelli-gaudium

IRMÃO ALOIS 2019

Não esqueçamos a hospitalidade!

«Não vos esqueçais da hospitalidade, pois, graças a ela, alguns, sem o saberem, hospedaram anjos» (Hebreus 13,2).


Como uma linha ininterrupta de encontros de jovens, a Peregrinação de Confiança iniciada em Taizé há várias décadas continua hoje em todos os continentes.
Em cada um destes encontros, a hospitalidade é uma das experiências mais marcantes, tanto para os jovens participantes como para os que abrem as portas das suas casas.

Convívio Paroquial - encerramento do Ano Pastoral

Chegou o verão e, com ele, o tempo oportuno para abrandar, avaliar e saborear os frutos de mais um ano pastoral.
Neste sentido, a comunidade paroquial de Almacave aproveitou as últimas semanas para convocar e reunir o Conselho Pastoral Paroquial, os catequistas e também os vários grupos de adultos que têm vivido tempos de formação. Da avaliação realizada, fica a certeza de que alguns passos foram dados e a esperança de continuar a caminhar com coragem e criatividade. Já não dá para “pescar” à rede? Já não conseguimos converter multidões? Então é a hora de pescar à linha… um a um, coração a coração.

Comunidade Paroquial de Santa Maria Maior de Almacave Festa da Confirmação

No dia 2 de Junho, Domingo da Ascensão, ocorreu a Festa da Confirmação de 41 Crismados, da Paróquia de Almacave, no Centro Paroquial de Almacave.

Para a preparação deste dia muitos acontecimentos tiveram lugar, sendo os principais o retiro em que participaram em Resende e, no dia 1 de Junho a Vigília de Oração, orientada pelo Grupo Almacave Jovem, em que estiveram presentes todos aqueles que desejaram fazer oração por estes jovens e adultos.

Paróquia de Santa Maria Maior de Almacave - 1ª Comunhão

A Paróquia de Almacave, teve no dia 19 de Maio, a Festa da Primeira Comunhão de 47 catequizandos do 3º ano.
Um percurso de vida se vai fazendo ao longo do ano, para a preparação dos catequizandos de cada ano para que ao fim de cada caminhada se possa concluir que o trabalho dos catequistas sempre tem resultados, ainda que nem sempre se veja aquilo que semeamos, pois a colheita é de Deus.

Mensagem de Páscoa

mensagem-de-pascoa

“Assim como o Pai me enviou,
   também Eu vos envio a vós” (Jo 20, 21).

 

Caros Paroquianos

 A Ressurreição de Jesus é a consequência de uma vida gasta a “fazer o bem e a libertar os oprimidos” (Act 10, 38). Isso significa que, quando um de nós, tal como Jesus, se esforça por vencer o egoísmo, a mentira, a hipocrisia e as injustiças e se dá com gestos concretos de amor a todos os irmãos, age em nome do Ressuscitado. Mas a Ressurreição de Jesus significa, também, que a morte, o sofrimento, a acédia e indiferentismo espiritual de que enferma a nossa sociedade, não imobilizam o homem a decidir-se por “viver a Vida verdadeira, plena, bela, de tal modo bela, que não poderia ser explicada se Cristo, não tivesse sido morto e não tivesse verdadeiramente ressuscitado” (D. António Couto, Carta Pastoral [ 2018] nº 13).

Mensagem do Papa Francisco para a Quaresma de 2019

mensagem-papa-quaresma-2019
«A criação encontra-se em expetativa ansiosa,
aguardando a revelação dos filhos de Deus» (Rm 8, 19)

 
Queridos irmãos e irmãs!
Todos os anos, por meio da Mãe Igreja, Deus «concede aos seus fiéis a graça de se prepararem, na alegria do coração purificado, para celebrar as festas pascais, a fim de que (…), participando nos mistérios da renovação cristã, alcancem a plenitude da filiação divina» (Prefácio I da Quaresma). Assim, de Páscoa em Páscoa, podemos caminhar para a realização da salvação que já recebemos, graças ao mistério pascal de Cristo: «De facto, foi na esperança que fomos salvos» (Rm 8, 24). Este mistério de salvação, já operante em nós durante a vida terrena, é um processo dinâmico que abrange também a história e toda a criação. São Paulo chega a dizer: «Até a criação se encontra em expetativa ansiosa, aguardando a revelação dos filhos de Deus» (Rm 8, 19). Nesta perspetiva, gostaria de oferecer algumas propostas de reflexão, que acompanhem o nosso caminho de conversão na próxima Quaresma.

  • O Sr. D. António José da Rocha Couto

    Exclusão e desigualdade social

    "Assim como o mandamento «não matar» põe um limite claro para assegurar o valor da vida humana, assim também hoje devemos dizer «não a uma economia da exclusão e da desigualdade social». Esta economia mata. Não é possível que a morte por enregelamento dum idoso sem abrigo não seja notícia, enquanto o é a descida de dois pontos na Bolsa. Isto é exclusão. Não se pode tolerar mais o facto de se lançar comida no lixo, quando há pessoas que passam fome. Isto é desigualdade social. Hoje, tudo entra no jogo da competitividade e da lei do mais forte, onde o poderoso engole o mais fraco "   Papa Francisco

  • O Papa que veio do Fim do Mundo

    O Papa que veio do Fim do Mundo

    Em ano da fé o conclave escolheu para papa um cardeal da América do Sul: os Cardeais foram quase ao fim do mundo buscá-lo! Sinal de vitalidade da igreja católica neste continente?
    Vivemos o dia de ontem em grande expectativa: será hoje que habemus papam? Estará o conclave dividido? Será italiano? Será americano? Será negro? Será franciscano? Quem será?
    Penso que poderemos dizer, atendendo à celeridade com que foi escolhido (quinta votação) que os cardeais deram uma mensagem de unidade a todo o mundo.

Diocese de Lamego

Agência Eclesia