• catequese-2021-2022
  • banner-agosto-2020
  • sulcos-paz-esperanca
  • sulcos
  • advento2020advento-2020
  • missao
  • banner plano pastoral 2019
  • catequese-em-casa
  • banner-taize-2019
  • slider-0001
  • evangelho
  • evangelli-gaudium
catequese-presencial

D. ANTÓNIO FRANCISCO DOS SANTOS É O NOVO BISPO DO PORTO

Sua Santidade, o Papa Francisco, acaba de nomear, hoje, D. António Francisco dos Santos como Bispo do Porto.

D. António Francisco dos Santos é natural da Freguesia e Paróquia de Tendais, Concelho de Cinfães, Diocese de Lamego. Nasceu a 29 de Agosto de 1948, filho de Ernesto Francisco e de D. Donzelina dos Santos (já falecidos).
Frequentou a Escola Primária de Tendais, Cinfães, de 1955 a 1959; ingressou no Seminário Menor Diocesano de Resende, em 1959 e concluiu o Curso Superior de Teologia no Seminário Maior de Lamego em 24 de Junho de 1971.

Foi ordenado Diácono em 22 de Agosto de 1971 e fez estágio Pastoral na Paróquia de S. João Baptista na Vila de S. João da Pesqueira.
O Arcebispo de Lamego, D. António de Castro Xavier Monteiro, ordenou-o sacerdote na Catedral de Lamego, a 8 de Dezembro de 1972. Foi então nomeado coadjutor da Paróquia de S. João Baptista de Cinfães de 8 de Dezembro de 1972 até Junho de 1974.

Mensagem do Papa Francisco para XXII o Dia Mundial do Doente

Amados irmãos e irmãs!

1. Por ocasião do XXII Dia Mundial do Doente, que este ano tem como tema Fé e caridade: também nós devemos dar a vida pelos nossos irmãos» (1 Jo 3, 16), dirijo-me de modo particular às pessoas doentes e a quantos lhes prestam assistência e cura. A Igreja reconhece em vós, queridos doentes, uma presença especial de Cristo sofredor. É assim: ao lado, aliás, dentro do nosso sofrimento está o de Jesus, que carrega connosco o seu peso e revela o seu sentido. Quando o Filho de Deus subiu à cruz destruiu a solidão do sofrimento e iluminou a sua escuridão. Desta forma somos postos diante do mistério do amor de Deus por nós, que nos infunde esperança e coragem: esperança, porque no desígnio de amor de Deus também a noite do sofrimento se abre à luz pascal; e coragem, para enfrentar qualquer adversidade em sua companhia, unidos a Ele.

WORKSHOP “ APRENDER A ESCUTAR “

5 de fevereiro das 15h30 às 17h00, no Centro Paroquial de Almacave

Num mundo de palavras e ruídos haverá lugar para a escuta?

Esta ação de formação está orientada para todas as pessoas que trabalham ou visitam pessoas idosas ou doentes:  Conferência Vicentinas, Ministros Extraordinários da Comunhão, outras pessoas ligadas ao voluntariado junto dos mais débeis.  
                

Festa de Apresentação de Jesus no Templo

2 de Fevereiro | DIA DO CONSAGRADO


IGREJA DE ALMACAVE

10h00 “EUCARISTIA DA FAMÍLIA” E BÊNÇÃO DAS CRIANÇAS


A Igreja celebra no dia 2 de Fevereiro, domingo, quarenta dias após o Natal, a Apresentação de Jesus no Templo. Era lei do povo Judaico, os pais levarem os seus filhos ao Templo quarenta dias após o seu nascimento para os oferecerem ao Senhor e as mães realizarem a purificação para voltarem a integrarem-se na comunidade. Os Pais de Jesus, procederam ao cumprimento destas duas leis, apresentando-se no templo quarenta dias após o nascimento do menino, para o oferecerem ao Senhor e Maria sua mãe realizar a sua purificação.  

Em memória deste acontecimento, na celebração da “Eucaristia da Família” no domingo, dia 2 de Fevereiro às 10h00, na igreja de Almacave, os pais das nossas crianças são convidados a repetir o gesto de Maria e de José ao levarem os filhos ao altar, pedindo para si e seus filhos a proteção do Senhor para que, inseridos na comunidade paroquial, eles cresçam em sabedoria, estatura e graça.
 

O Batismo, bilhete de identidade do cristão

No episódio do batismo, Jesus aparece como o Filho amado, que o Pai enviou ao encontro dos homens para os libertar e para os inserir numa dinâmica de comunhão e de vida nova. Nessa cena revela-se, portanto, a preocupação de Deus e o imenso amor que Ele nos dedica… É bonita esta história de um Deus que envia o próprio Filho ao mundo, que pede a esse Filho que Se solidarize com as dores e limitações dos homens, e que, através da ação do Filho, reconcilia os homens consigo e fá-los chegar à vida em plenitude. Aquilo que nos é pedido,  é que correspondamos ao amor do Pai, acolhendo a sua oferta de salvação e seguindo Jesus no amor, na entrega, no dom da vida. Ora, no dia do nosso batismo, comprometemo-nos com esse projeto… Temos, depois disso, renovado diariamente o nosso compromisso e percorrido, com coerência, esse caminho que Jesus nos veio propor?

Mensagem do Santo Padre Francisco para a celebração do XLVII DIA MUNDIAL DA PAZ - 1º de Janeiro de 2014


FRATERNIDADE, FUNDAMENTO E CAMINHO PARA A PAZ

1. Nesta minha primeira Mensagem para o Dia Mundial da Paz, desejo formular a todos, indivíduos e povos, votos duma vida repleta de alegria e esperança. Com efeito, no coração de cada homem e mulher, habita o anseio duma vida plena que contém uma aspiração irreprimível de fraternidade, impelindo à comunhão com os outros, em quem não encontramos inimigos ou concorrentes, mas irmãos que devemos acolher e abraçar.

  • O Sr. D. António José da Rocha Couto

    Exclusão e desigualdade social

    "Assim como o mandamento «não matar» põe um limite claro para assegurar o valor da vida humana, assim também hoje devemos dizer «não a uma economia da exclusão e da desigualdade social». Esta economia mata. Não é possível que a morte por enregelamento dum idoso sem abrigo não seja notícia, enquanto o é a descida de dois pontos na Bolsa. Isto é exclusão. Não se pode tolerar mais o facto de se lançar comida no lixo, quando há pessoas que passam fome. Isto é desigualdade social. Hoje, tudo entra no jogo da competitividade e da lei do mais forte, onde o poderoso engole o mais fraco "   Papa Francisco

  • O Papa que veio do Fim do Mundo

    O Papa que veio do Fim do Mundo

    Em ano da fé o conclave escolheu para papa um cardeal da América do Sul: os Cardeais foram quase ao fim do mundo buscá-lo! Sinal de vitalidade da igreja católica neste continente?
    Vivemos o dia de ontem em grande expectativa: será hoje que habemus papam? Estará o conclave dividido? Será italiano? Será americano? Será negro? Será franciscano? Quem será?
    Penso que poderemos dizer, atendendo à celeridade com que foi escolhido (quinta votação) que os cardeais deram uma mensagem de unidade a todo o mundo.

Diocese de Lamego

Agência Eclesia