Páscoa 2021 - Mensagem Pascal dos Párocos

mensagem-dos-parocos-pascoa-2021

Caros Paroquianos
Estamos na Páscoa. A Ressurreição de Jesus abre Horizontes de Esperança. Tal como a Primavera que faz esquecer a dureza do Inverno, confiamos que da escuridão da pandemia passaremos à Luz do Ressuscitado que dissipará as angústias e as dores da insegurança.

Apesar do distanciamento físico imposto pelo covid-19, ao longo de alguns meses, fizemos o que estava ao nosso alcance para nos mantermos próximos de todos. A Eucaristia que fomos celebrando às 11:30, de segunda a sábado, e a Eucaristia Dominical às 10:30, sempre transmitidas pelo facebook da Paróquia de Almacave e sem assembleia presencial, constituiram um momento muito próximo de todos os que na Paróquia, em Portugal ou no Estrangeiro podiam assim sentir-se acolhidos na sua Igreja Mãe.

Comunicado do Conselho Permanente da Conferência Episcopal Portuguesa

  1. cepO Conselho Permanente refletiu sobre a situação atual da pandemia e decidiu que as celebrações da Eucaristia com a presença da assembleia sejam retomadas a partir do dia 15 de março, observando as orientações da Conferência Episcopal Portuguesa de 8 de maio de 2020, em consonância com as normas das autoridades de saúde.

    Quanto à celebração doutros sacramentos, observem-se as normas de segurança e de saúde referidas nas mesmas orientações.

    Nesta fase evitar-se-ão procissões e outras expressões da piedade popular, como as “visitas pascais” e a “saída simbólica” de cruzes, de modo a evitar riscos para a saúde pública.

    A Assembleia Plenária da CEP de 12-15 de abril de 2021 reavaliará estas orientações, tendo em conta a situação de pandemia no país.

Mensagem do Papa Francisco para a Quaresma de 2021

quaresma-2021

«Vamos subir a Jerusalém...» (Mt 20, 18).
Quaresma: tempo para renovar fé, esperança e caridade.

 

Queridos irmãos e irmãs!
Jesus, ao anunciar aos discípulos a sua paixão, morte e ressurreição como cumprimento da vontade do Pai, desvenda-lhes o sentido profundo da sua missão e convida-os a associarem-se à mesma pela salvação do mundo.

Mensagem de Sua Santidade o Papa Francisco para o XXIX Dia Mundial do Doente

dia-mundial-do-doente-2021

«Um só é o vosso Mestre e vós sois todos irmãos» (Mt 23, 8). A relação de confiança, na base do cuidado dos doentes

 

Queridos irmãos e irmãs!
A celebração do XXIX Dia Mundial do Doente que tem lugar a 11 de fevereiro de 2021, memória de Nossa Senhora de Lurdes, é momento propício para prestar uma atenção especial às pessoas doentes e a quantos as assistem quer nos centros sanitários quer no seio das famílias e comunidades. Penso de modo particular nas pessoas que sofrem em todo o mundo os efeitos da pandemia do coronavírus. A todos, especialmente aos mais pobres e marginalizados, expresso a minha proximidade espiritual, assegurando a solicitude e o afeto da Igreja.

Comunicado do Conselho Permanente da CEP sobre o novo confinamento

conferencia -episcopal

  1. Estamos conscientes da gravíssima situação de pandemia que vivemos neste momento, a exigir de todos nós acrescida responsabilidade e solidariedade no seu combate, contribuindo para superar a crise com todo o empenho.

  2. Tendo em conta as orientações governamentais decretadas para o confinamento que se inicia a 15 de janeiro, continuaremos com as celebrações litúrgicas, nomeadamente a Eucaristia e as Exéquias, segundo as orientações da Conferência Episcopal Portuguesa de 8 de maio de 2020, emanadas em coordenação com a Direção Geral da Saúde.

  3. Outras celebrações, como Batismos, Crismas e Matrimónios, devem ser suspensas ou adiadas para momento mais oportuno, quando a situação sanitária o permitir. A catequese continuará em regime presencial onde for possível observar as exigências sanitárias; de contrário, pode ser por via digital ou cancelada. Recomendamos ainda que outras atividades pastorais se realizem de modo digital ou sejam adiadas.

  4. A nossa celebração da fé abre-nos ao Deus da misericórdia e exprime o compromisso solidário com os esforços de todos os que procuram minimizar os sofrimentos, gerando uma nova esperança que, para além das vacinas, dê sentido e cuide a vida em todas as suas dimensões.

Lisboa, 14 de janeiro de 2021

Diocese de Lamego

Agência Eclesia