Comunidade Paroquial de Santa Maria Maior de Almacave

igreja-de-almacave

CONSELHO PASTORAL PAROQUIAL DE ALMACAVE

Reuniu no passado dia 20 de setembro, num espaço do Centro Paroquial de Almacave, o Conselho Pastoral Paroquial que inclui os representantes de todas as áreas da Evangelização, da Liturgia e da pastoral Sócio Caritativa.

Num tempo tão incomum, com vivências pastorais diferentes de tudo o que já vivemos, há que repensar, estruturar e recrear novas formas de agir numa Igreja que tem apenas um Mestre que a guia pelos caminhos a percorrer.

A partir da palavra de S. Mateus “Levantai-vos e vamos” (26, 42) todos os conselheiros foram levados a refletir sobre a situação atual da Igreja local e ainda da Igreja que todos nós somos, a caminho para o ano sinodal, proposto pelo Papa Francisco, já a iniciar neste ano pastoral, com o tema “Por uma Igreja sinodal: comunhão, participação e missão"

Foi apresentado o recente documento da Conferência Episcopal Portuguesa sobre as alterações face à atual situação de redução da pandemia e a manutenção de regras sanitárias nas eucaristias e noutras celebrações. Para o processo sinodal que se iniciará a 17 de outubro deverão ser partilhadas com as paróquias, oportunamente, por parte da Diocese de Lamego, mais informações.

Para a análise da Pastoral Paroquial, cada grupo representado foi fazendo o resumo da situação vivida nestes últimos meses de confinamento e restrição de vida pastoral, apontando-se caminhos para a sua renovação. A manutenção da transmissão da Eucaristia de Domingo a partir da Igreja Paroquial, deverá continuar, dada a enorme abrangência que tem tido, quer localmente, junto dos doentes e população mais idosa, quer internacionalmente, junto dos nossos emigrantes.

Para a catequese de domingo foram sugeridas novas pedagogias e a seguinte alteração: Catequese às 10horas seguida de Eucaristia às 11, 15h, no Auditório do Centro Paroquial, por permitir um espaço mais alargado de participação de pais e crianças. Os pais serão informados das novas situações a assumir nas reuniões que deverão ocorrer no mês de outubro, com o inicio da Catequese paroquial. Tempos diferentes desafiam-nos para estratégias diferenciadas pelo que, se irá refletir nos diversos movimentos e grupos a forma do agir pastoral.

A preocupação passa também pela visita aos idosos, a comunhão aos doentes, e a todos os apoios da área socio caritativa que, neste tempo de pandemia continuou a apoiar quem precisava através da ida e visita aos domicílios, para prestar a sua ajuda. Também da parte do Grupo de Jovens urgem mudanças que foram apresentadas e que irão levar à caminhada para a Jornada da Mundial Juventude de 2023.

Um outro tema abordado foi a celebração próxima dos 50 anos de Ordenação de Monsenhor José Guedes, sendo que a proposta passa mais por ser um tempo que permitirá a revitalização da Paróquia, e que seja um “Ano da Graça”, que nos coloque cada vez mais próximos da graça do Senhor. Será um ano jubilar para renovar a pastoral paroquial com uma maior espiritualidade e um maior discernimento pastoral. Deverá ter lugar de 8 de dezembro de 2021 a 8 de dezembro de 2022.


Em outros assuntos, Monsenhor José Guedes deu conhecimento da situação das obras na Igreja Paroquial e no Auditório que urgiam ser concretizadas.
Terminou-se a sessão com a esperança de um tempo de renovação e empenho que traga força e tenacidade espiritual a todos os que têm a seu cargo o acompanhamento desta Paróquia de forma a cumprirmos o lema “Levantai-vos e vamos”.

Conselho Pastoral Paroquial

I. Guerra

Diocese de Lamego

Agência Eclesia